Modelagem de Estruturas Organizacionais

A Modelagem Organizacional pode ser entendida como o processo que promove a coerência entre os objetivos ou os propósitos para os quais a organização existe, os padrões de divisão do trabalho e a coordenação entre as unidades e as pessoas que vão desempenhar as tarefas. As teorias de modelagem organizacional surgem, portanto, da necessidade de as organizações adaptarem-se ao ambiente cada vez mais diversificado, complexo e dinâmico que acarreta impactos diretos e indiretos ao alcance da estratégia organizacional e geração das entregas, resultados, serviços e produtos pretendidos.

Tendo em vista que sempre é possível melhorar o desempenho da instituição tanto para o alcance dos resultados pretendidos quanto para o fortalecimento do grau de alinhamento aos objetivos governamentais, algumas são as justificativas e ganhos advindos da modelagem organizacional:

I. Obter o desenho de uma estrutura adequada para o alcance dos objetivos organizacionais e o cumprimento de sua missão institucional, considerando o cenário no qual a organização se insere;

II. Propiciar a integração entre o planejamento e a gestão organizacional;

III. Promover o alinhamento entre a estrutura organizacional e as estratégias governamentais, fomentando a congruência entre o que é necessário e o que se pode realizar para obter o aperfeiçoamento e a melhoria da atuação organizacional;

IV. Estimular e fomentar o planejamento, a implementação e o monitoramento de políticas, projetos e ações, contando com o apoio favorável de uma estrutura organizacional cujos elementos são congruentes; e

V. Formalizar e reunir práticas que melhorem o fluxo de informações e favoreçam o alinhamento e comunicação sobre a estratégia da instituição

 

Buscando facilitar o desenho de estruturas organizacionais, elaboramos este Guia para Modelagem de Estruturas Organizacionais, que fornece às instituições do Poder Executivo estadual e demais leitores uma metodologia norteadora para estruturação e reestruturação, facilitando o alinhamento entre estruturas organizacionais e estratégia governamental.