Você está aqui:

Notícias

Maternidade Odete Valadares recebe certificação nacional

Maternidade Odete Valadares, da Rede Fhemig, fecha o ano com certificação nacional de excelência

Qualidade do serviço prestado pelo Banco de Leite Humano, nos atendimentos às mães e na distribuição do leite, foi novamente reconhecida no país

 

Pelo sétimo ano consecutivo, o Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Odete Valadares (MOV) recebeu o Certificado de Excelência em Bancos de Leite – Padrão Ouro. O reconhecimento da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi oficializado durante congresso virtual da instituição, transmitido para todo o Brasil.

Para a coordenadora do BLH/MOV, Maria Hercília Barbosa, a certificação representa que todos os processos e registros na unidade ocorrem dentro de rigorosos padrões de controle.

"Isso demonstra a qualidade do serviço prestado nos atendimentos às mães e na distribuição do leite humano com qualidade certificada. A equipe do Banco de Leite se empenha para que o produto distribuído para recém-nascidos prematuros seja do mais alto nível de excelência”, afirma.

O Banco de Leite Humano da MOV atende, diariamente, mães internas e externas. Além disso, realiza uma série de ações:

  • curso para casal grávido aberto à comunidade;
  • encontros de grupos de mães de bebês prematuros que estão internados nas unidades neonatais da MOV;
  • oficinas lúdicas;
  • capacitações em manejo clínico do aleitamento materno;
  • processamento e controle de qualidade do leite humano;
  • assessoria técnica aos bancos de leite do estado;
  • captação de doadoras;
  • coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição de leite humano pasteurizado;
  • e atendimento pediátrico, psicológico e nutricional para as mães que necessitem.

 

Sobre a maternidade

A Maternidade Odete Valadares (MOV) é uma unidade da rede da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). O endereço é a Avenida do Contoro, 9.494, no bairro Prado, em Belo Horizonte.

Sua missão é prestar assistência integral à saúde da mulher e ao neonato, também funcionando como Hospital Escola, oferecendo oportunidades de capacitação e aprimoramento para profissionais da área de saúde.

Saiba mais sobre o trabalho desenvolvido pela MOV neste link.

Notícias relacionadas

Campanha Nacional de Multivacinação vai até dia 22 de setembro
14/09/2017

Em Minas Gerais, será ofertada também a vacina contra febre amarela para as pessoas a partir de 9 meses de idade até 59 anos, que ainda não se vacinaram. O Ministério da Saúde preconiza pelo menos uma dose da vacina da febre amarela ao longo da vida.

Reconhecido pela relevância do trabalho que vem sendo prestado desde 2011, quando foi criado, e por ser o serviço com maior número de crianças assistidas no Brasil, o Sait participou da elaboração do I Consenso Nacional na Assistência às Crianças Traqueostomizadas.
21/09/2017

Reconhecido pela relevância do trabalho que vem sendo prestado desde 2011, quando foi criado, e por ser o serviço com maior número de crianças assistidas no Brasil, o Sait participou da elaboração do I Consenso Nacional na Assistência às Crianças Traqueostomizadas.

Modernizar o processo de trabalho é um dos desafios da Vigilância em Saúde
27/09/2017

O primeiro debate do dia, no sub eixo 1, contou com a apresentação do diretor adjunto da Anvisa, Pedro Ivo Sebba Ramalho, que trouxe um panorama histórico da Vigilância em Saúde, no Brasil e no mundo, propondo reflexões acerca do marco geral, os desafios e propostas dos serviços no âmbito do SUS.