Você está aqui:

Notícias

SUS garante acesso da população à promoção da saúde bucal

SUS garante acesso da população à promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal

Em Minas Gerais, assistência vai da Atenção Básica a serviços especializados e atenção hospitalar

 

Por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), todos os cidadãos brasileiros têm acesso garantido a tratamento odontológico gratuito, bem como ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal. Por isso, no Dia Nacional da Saúde Bucal (25/10), conheça um pouco mais sobre essa política pública de saúde.

A implantação da Política Nacional de Saúde de Bucal, em 2004, promoveu a reorganização da prática e a qualificação das ações e serviços oferecidos, a partir da implantação das Equipes de Saúde Bucal (ESB) integradas às equipes de Saúde da Família.

Essas equipes são compostas por cirurgião-dentista, auxiliar de saúde bucal e técnico em saúde bucal. Atualmente, no estado de Minas Gerais, 2.962 Equipes de Saúde Bucal estão atuantes em 90% dos municípios mineiros. Elas são responsáveis por ações de promoção e proteção de saúde, bem como prevenção e controle de câncer bucal.

“Os municípios que não apresentam ainda essas equipes oferecem atenção em saúde bucal na Atenção Primária do próprio município”, esclarece a Diretora de Políticas de Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Mayla Magalhães.

Em Minas Gerais, a SES-MG por meio da Coordenação de Saúde Bucal, é responsável pela elaboração de diretrizes em prol da qualificação da saúde bucal no Estado, e ainda realiza apoio técnico aos municípios e regionais em relação às questões de saúde bucal no SUS do estado.

“A SES-MG promove incentivo e oferece apoio técnico aos municípios para a implantação das Equipes de Saúde Bucal na Estratégia da Saúde da Família, como também para a implantação e regionalização dos serviços de saúde bucal de média e alta complexidade”, explica Mayla.

A SES-MG também cofinancia a assistência odontológica ambulatorial e hospitalar prestada pelas unidades de saúde que prestam atendimento pelo SUS, bem como os serviços dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO).

Distribuídos em 98 municípios, eles oferecem periodontia especializada, atendimento a pessoas com deficiência, além de diagnóstico com ênfase na detecção do câncer bucal. Em Minas, existem atualmente 98 Centros de Especialidades Odontológicas implantados.

 

Cuide da sua saúde, cuide da sua boca

A saúde bucal tem íntima relação com a saúde geral, pois a boca interage com todas as estruturas do corpo. As más condições de higiene bucal podem causar doenças bucais, que, por sua vez, podem levar ou agravar doenças cardiovasculares e diabetes, por exemplo. Uma boa higiene bucal diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais e dentários.
 

Notícias relacionadas

Maternidade Odete Valadares, da Rede Fhemig, fecha o ano com certificação nacional de excelência
19/12/2018

"Isso demonstra a qualidade do serviço prestado nos atendimentos às mães e na distribuição do leite humano com qualidade certificada. A equipe do Banco de Leite se empenha para que o produto distribuído para recém-nascidos prematuros seja do mais alto nível de excelência”

Cobertura do Samu Regional em Minas Gerais quase dobra em 4 anos
27/12/2018

O Samu Regional, que é prioridade do Governo de Minas Gerais, teve sua cobertura regional ampliada nos últimos quatro anos. Em 2015, 312 municípios contavam com os atendimentos do Serviço. Essa cobertura saltou para 549 em 2018, beneficiando mais de 9,8 milhões de pessoas em todo estado.

28/08/2019

Melhoria na gestão poderia ampliar em 20 mil o número de internações na rede Fhemig