Você está aqui:

Notícias

Ipsemg credencia profissionais para unidades regionais

Ipsemg credencia profissionais para unidades regionais

O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) publicou  os editais 25/2017 e 26/2017 para credenciamento de enfermeiros e médicos que deverão atuar no programa de atenção primária à saúde da família.

Os profissionais de enfermagem terão uma carga horária mínima de 40 horas semanais, enquanto os médicos terão carga horária de 20 horas semanais, distribuídos em turnos de 4 horas (manhã e tarde).

Esses novos credenciados irão atuar nas unidades regionais do instituto em Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Muriaé, Passos e Sete Lagoas. 

Para a inscrição, os interessados deverão encaminhar os documentos relacionados no edital que está disponível no site www.ipsemg.mg.gov.br, link Editais/Credenciamento. 

Os profissionais serão remunerados conforme os valores constantes da Tabela do Ipsemg de Honorários e Serviços para a Área de Saúde para os serviços próprios, que também está disponível no mesmo site, link Saúde/Tabela de Procedimentos e Manual de Normas.
 

Notícias relacionadas

 Campanha de Vacinação contra a Gripe é prorrogada até 22 de junho
15/06/2018

Em Minas Gerais, até o momento, 85,80% da população que faz parte do público prioritário já foi imunizada. Tal número está acima da média nacional de imunizados contra a gripe, que atualmente está em 78,80%. A escolha dos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe segue recomendação da OMS.

Minas Gerais alcança meta geral de vacinação contra a gripe
22/06/2018

A vacina da gripe apresenta uma eficácia de 95 a 98% e tem índice de reação de apenas 1%. A escolha dos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e é definida a partir de estudos epidemiológicos.

 Primeira reunião do Comitê Técnico de Saúde Integral à População Negra discute equidade no SUS
25/06/2018

O Comitê Técnico de Saúde Integral à População Negra é composto pelos seguintes segmentos: Tradição de Matriz Africana, Quilombola Rural, Quilombola Urbana, Movimento Negro, Mulheres Negras, Movimento Afro LGBT e Juventude Negra. Objetivo é desenvolver estratégias voltadas para a garantia da saúde.