Você está aqui:

Notícias

Ipsemg credencia profissionais para unidades regionais

Ipsemg credencia profissionais para unidades regionais

O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) publicou  os editais 25/2017 e 26/2017 para credenciamento de enfermeiros e médicos que deverão atuar no programa de atenção primária à saúde da família.

Os profissionais de enfermagem terão uma carga horária mínima de 40 horas semanais, enquanto os médicos terão carga horária de 20 horas semanais, distribuídos em turnos de 4 horas (manhã e tarde).

Esses novos credenciados irão atuar nas unidades regionais do instituto em Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Muriaé, Passos e Sete Lagoas. 

Para a inscrição, os interessados deverão encaminhar os documentos relacionados no edital que está disponível no site www.ipsemg.mg.gov.br, link Editais/Credenciamento. 

Os profissionais serão remunerados conforme os valores constantes da Tabela do Ipsemg de Honorários e Serviços para a Área de Saúde para os serviços próprios, que também está disponível no mesmo site, link Saúde/Tabela de Procedimentos e Manual de Normas.
 

Notícias relacionadas

Técnicos estaduais de Saúde participam de capacitação em Saúde do Homem
09/06/2017

Uma equipe do Ministério da Saúde (MS) esteve, nesta quinta-feira (8/6), na Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), em Belo Horizonte, para ministrar uma oficina de capacitação sobre Saúde do Homem. Participaram técnicos dessa área das 28 Regionais de Saúde de Minas Gerais.

Secretaria de Saúde reforça a importância da vacina no Dia Nacional da imunização
09/06/2017

A vacinação é um recurso indispensável para prevenir doenças infecciosas e por meio dela foi possível manter a erradicação, no Brasil, de doenças graves como a varíola e a poliomielite. No Dia Nacional da Imunização, comemorado nesta sexta-feira, SES-MG reforça a importância das vacinas.

Estado realiza estudo sobre gestão municipal de resíduos de serviços de saúde
19/06/2017

O Governo de Minas Gerais, por meio da Fundação Estadual do Meio Ambiente, está com um estudo em andamento, junto aos municípios, sobre a gestão municipal de Resíduos de Serviços de Saúde. Por meio da pesquisa, será possível conhecer avanços e fragilidades com relação à gestão desse tipo de resíduos