Você está aqui:

Notícias

Governador entrega ambulâncias para Contagem e Betim

Governador Fernando Pimentel entrega ambulâncias para os municípios de Contagem e Betim

Veículos servirão para renovar a frota, melhorando a assistência médica à população

 

O governador Fernando Pimentel entregou, nesta sexta-feira (23/6), durante cerimônia no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, seis ambulâncias para o município de Betim e outras sete para Contagem. As ambulâncias (Unidades de Suporte Básico -USB) serão destinadas à renovação da frota e reserva técnica, fortalecendo a rede de Urgência e Emergência de Minas Gerais e garantindo mais segurança e qualidade no atendimento médico aos mineiros. O investimento com a compra dos veículos foi de R$ 1,57 milhão.

Juntos, os Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) dos dois municípios da Região Ampliada de Saúde Centro, realizam, em média, dois mil atendimentos por mês. A gestão desses serviços é realizada pelas administrações municipais que, quando necessário, acionam a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para demandas específicas.

O secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz, destacou a melhora na capacidade de atendimento nos municípios contemplados. “Recentemente, tivemos uma entrega também de volume expressivo para Belo Horizonte, e isso reforça esse núcleo da região metropolitana no qual esperamos implantar o Samu Metropolitano, na gestão Fernando Pimentel”, afirmou.

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli, afirmou que os novos Samus permitirão renovar a frota atual. “Betim está muito satisfeita. Nós temos cinco Samus já com idade avançada e apresentando problemas mecânicos. Agora, poderemos substituir todos eles. Isso vai fortalecer nossa capacidade de atendimento. Temos um hospital de urgência e emergência e o Samu não para. Vai dar muita eficiência. Temos que agradecer ao governador”, ressaltou.

Já o prefeito de Contagem, Alex de Freitas, acredita que a população terá mais conforto para ser atendida. “Ficamos muito felizes. Essas novas ambulâncias chegaram em muito boa hora, elas vão garantir mais segurança, mais conforto e deixa todos nós mais felizes”, completou.

 

Regionalização

As centrais de regulação de Betim e Contagem fazem parte do projeto de regionalização do Samu 192, Região Ampliada de Saúde Centro, cuja implantação se encontra em fase de discussão. A entrega das ambulâncias integra diversas estratégias que têm sido adotadas para viabilizar o efetivo acesso da população a serviços com qualidade e segurança.

O Samu de Betim possui uma Central de Regulação de Urgências, equipada com uma Unidade de Suporte Avançado (USA) e três Unidades de Suporte Básico (USB) que realizam cerca de 590 atendimentos por mês. Já Contagem tem uma Central de Regulação de Urgências que trabalha com duas USAs e sete USBs que fazem, em média, 1.280 atendimentos ao mês. 

Também participaram da entrega os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, e de Turismo, Ricardo Faria, além dos deputados estaduais Marília Campos, Ivair Nogueira, Geraldo Pimenta, e lideranças políticas dos dois municípios.

Notícias relacionadas

Cemig investe R$ 12 milhões em projetos de eficiência energética em Minas Gerais
28/11/2018

Além do poder público e serviços públicos, a Chamada Pública deste ano contempla projetos na área de comércio e serviços, com ações na Santa Casa de Pompéu, na região Oeste, e industrial, com a proposta de modernização de motores elétricos de duas instalações de uma empresa de laticínios.

Autorizada tarifa promocional para ônibus executivos que atendem o Aeroporto de Confins
28/11/2018

De acordo com a Resolução 031/2018, publicada no dia 23 de novembro de 2018 do Diário Oficial do Estado, as concessionárias poderão oferecer passagens com tarifas promocionais em horários específicos, não sendo obrigatória a oferta da promoção em todas as poltronas de uma mesma viagem.

Reservatórios da Cemig batem recorde neste fim de ano
26/12/2018

O destaque é a Usina Hidrelétrica de Três Marias, que não alcançava o percentual de 49,24% do volume útil há mais de cinco anos, desde junho de 2013. Sua operação é fundamental para a regulação do Rio São Francisco, no trecho entre a barragem e a Usina de Sobradinho, na Bahia.