Você está aqui:

Notícias

Diretor do Bird conhece os projetos de Minas

O futuro diretor para o Brasil do Banco Mundial (Bird), Makhtar Diop, está nesta terça-feira (09/12), em Belo Horizonte, para uma agenda de trabalho. Ele assumirá o cargo em janeiro de 2009 e o objetivo da visita é conhecer de perto os projetos do governo de Minas que contam com financiamento daquela instituição multilateral de fomento.

Na parte da manhã, ele se reuniu com a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, para discutir os projetos estruturadores do governo de Minas, especialmente aqueles vinculados ao empréstimo de US$ 976 milhões, que o Bird concedeu ao Estado. Segundo a coordenadora do Programa para Redução da Pobreza e Políticas Públicas do Banco, Débora Wetzel, Minas Gerais é, hoje, um laboratório para a instituição, no que se refere a novas formas de parceria.

Lembrando ser o Estado uma síntese do Brasil, onde convivem áreas de pobreza com outras desenvolvidas, a técnica disse que, em Minas, podem ser feitas algumas experimentações. Uma delas foi a forma do empréstimo firmado, no qual, a contrapartida do Estado, ao invés de ser financeira, são os resultados obtidos em cada projeto.

A secretária Renata Vilhena explicou que o cumprimento dessas metas faz parte do acordo de resultados, pactuado com as diversas secretarias. Entre as metas que integram o contrato de empréstimo, ela citou o aumento no número de crianças que conseguem ler com oito anos de idade, a redução no número de dias gastos para se abrir uma empresa e a melhoria da infra-estrutura do estado, com o aumento do número de municípios que contam com ligação asfáltica.

Dos US$ 976 milhões, Minas já recebeu US$ 195,5 milhões. Outros US$ 150 milhões estão em processo de solicitação e devem ser internalizados em janeiro próximo. A parcela para liberação no ano que vem é de R$ 390 milhões, enquanto que, em 2010, deverão ser liberados US$ 222 milhões. O restante – US$ 18,5 milhões – é para assistência técnica ao convênio, sendo liberado ao longo do programa por demanda.

Makhtar Diop vai substituir John Briscoe na função.

Notícias relacionadas

 ​Blitze especiais da Lei Seca fazem cerco às rodovias de BH e região
23/10/2017

Durante a ação, que aconteceu em BH e outras 17 cidades do interior, 956 motoristas forma abordados. Destes, quatro foram presos por crime de trânsito (quando o teste do bafômetro acusa valores superiores a 0,33 miligramas por litro de ar expelido). As ações também registraram outras 22 infrações.

Prorrogadas as inscrições para o Prêmio Boas Práticas e Inovações do Sistema de Segurança Pública de Minas Gerais
24/10/2017

Os projetos devem ser inscritos dentro de uma das três áreas propostas: “Informação, Tecnologia e Comunicação”; “Legitimidade e Participação Social” ou “Eficiência e Otimização de Recursos”. Para participar o servidor interessado deve enviar a descrição do projeto.

Minas Gerais registra queda de 27,5% em roubos a comércio
25/10/2017

A redução nas estatísticas de roubos a estabelecimentos comerciais acompanha a tendência dos roubos em geral. No acumulado de janeiro a agosto deste ano, a estatística bate mais uma vez o menor índice dos últimos seis anos, com 9,6% de redução na comparação com o mesmo período do ano passado