Você está aqui:

Notícias

Fórum reúne gestores estaduais de Relações Internacionais

Fórum reúne gestores estaduais de Relações Internacionais pela primeira vez em Minas Gerais

Ação, que existe desde 2015, promove debates e incentivos à internacionalização dos estados. Política de descentralização do Governo de Minas Gerais foi ressaltada ao longo da programação

 

Minas Gerais sediou, pela primeira vez, o 4º Fórum Nacional de Gestores Estaduais de Relações Internacionais - Fórum RI 27. O encontro reuniu gestores de relações internacionais dos estados brasileiros para a troca de experiências sobre o processo de internacionalização de seus estados, discutir temas relacionadas ao regimento interno e o conhecimento de ações de projeção de Minas Gerais no cenário internacional.

“Minas Gerais é um dos estados mais importantes do Brasil e tem uma história de relacionamento internacional muito grande. Minas também apresenta todas as nuances étnicas e econômicas do país. É um membro do fórum que sempre teve grande relevância”, destacou o presidente do Fórum RI 27, Carlos Virmond, também secretário de Assuntos Internacionais de Santa Catarina. “Minas Gerais faz um trabalho excepcional com um modelo a ser seguido por todo o Brasil”, reforçou, referindo-se à política e atuação do Estado na descentralização das políticas públicas.

Realizado em dois dias (29 e 30/8), o Fórum RI 27 ocorreu na sala Cláudio Manoel, no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. No primeiro momento, a principal atividade foi o lavramento do regimento interno do Fórum, momento considerado histórico pelo presidente e demais participantes.

"Para nós é uma honra muito grande estar e Minas Gerais e dizer que o Estatuto do Fórum RI 27 foi lavrado nesta terra maravilhosa”, destacou a chefe de gabinete, Carina Reyder, representante da Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Instituicionais (Seccri) no fórum.

 

Troca de experiências

No segundo dia, o destaque ficou para a participação dos membros no diálogo “A Participação Social: estratégias de governança e internacionalização de Minas Gerais”. A apresentação foi conduzida pela assessora técnica da Secretaria de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif), Lenira Rueda Almeida.

Na oportunidade, Lenira ressaltou a prática do Governo do Estado de descentralização das políticas públicas de internacionalização e desenvolvimento, sobretudo por meio da estratégia de percorrer os 17 Territórios de Desenvolvimento com os Fóruns Regionais de Governo. Como enfatizado por ela, o Governo dialoga com a população para transformar Minas Gerais em um estado mais justo.

“Nós temos interesse em levar ações aos territórios de Minas Gerais e descentralizar todas as políticas públicas, dentre elas as políticas de internacionalização. Ações relacionadas ao desenvolvimento, à promoção da nossa cultura, turismo, assim como as ações os direitos humanos. Todas as ações importam nos 853 municípios. A internacionalização veio abraçar essa possibilidade de descentralizar as políticas públicas do Estado”, reforlou.

Na sequência, o assessor de Internacionalização de Agendas Institucionais do Núcleo de Relações Internacionais da Seccri, Pedro Braga, salientou que a projeção de Minas Gerais no exterior é uma ação que segue rigorosamente a estratégia governamental de fortalecimento dos municípios, por meio da participação popular.

“Para isso, a Seccri está atenta e trabalha para fortalecer os municípios como um ente que dá suporte técnico, jurídico e social, justamente para que as relações internacionais possam acontecer de todas as maneiras no estado”, afirmou.

Braga relatou, também, o início da implantação do programa de internacionalização regionalizada do Estado de Minas Gerais no ano passado. O processo contou com oficinas de sensibilização de atores locais nos territórios para disseminar e dialogar o conceito de relações internacionais e sua importância no processo de desenvolvimento (ao todo foram 10 oficinas).

Tal processo ainda conta com duas etapas a serem realizadas: a capacitação desses atores locais (prevista para este ano) e, em 2018, o planejamento de ações territoriais de internacionalização de Minas Gerais com a participação social, a contribuição de metodologias do mundo acadêmico e também de programas internacionais parceiros do Estado.

O assessor citou, por fim, o programa Speak English Minas Gerais,  parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (SEE), Assessoria de Relações Internacionais de Minas Gerais e a Embaixada do Reino Unido no Brasil. A ação tem por objetivo melhorar o domínio do inglês dos professores de língua estrangeira da rede pública estadual, aprimorando, consequentemente, o ensino para os alunos.

Fechando a programação, os membros do fórum ainda fizeram visitas técnicas a dois programas estratégicos para a internacionalização do Estado de Minas Gerais: o Seed (programa de aceleração de startups, a única com recursos públicos do país) e o projeto Mineiraria (espaço relacionado ao programa + Gastronomia, no Mercado Central de BH, que promove um tour gastronômico de produtos mineiros).

 

Sobre o Fórum

Criado em 2015, o Fórum RI 27 promove debates e incentivos à internacionalização dos estados com a participação dos gestores de Relações Internacionais do país. O público é composto por formadores de opinião e gestores de relações internacionais de grande peso nos estados.

Neste encontro em Minas Gerais também participaram representantes de Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Rio Grande do Norte, Pará e Acre. A próxima reunião do Fórum RI 27 está prevista para novembro, no Rio de Janeiro.

Notícias relacionadas

Fernando Pimentel participa de Encontro de Governadores pela Segurança e Controle das Fronteiras
30/10/2017

O encontro na capital do Acre contou com a participação de 18 governadores, dois vice-governadores e ministros de Estado. Fernando Pimentel destacou a principal proposta do evento, que é a criação do Sistema Nacional de Segurança Pública, com um fundo nacional de financiamento, nos moldes do SUS.

Portal da Transparência do Estado é vencedor do prêmio José Costa 2017
06/11/2017

No portal estão disponíveis informações como investimentos, repasse do Estado para os municípios, valor que o Estado arrecada em impostos, registro de despesas, licitações, diárias de servidores públicos, planejamento das ações e resultados, contas do governador, entre outros.

Secretário de Planejamento se reúne com Sindpúblicos
08/11/2017

Entre os pontos discutidos estão o reajuste para os servidores da Seplag, o retorno da carreira de inspetor escolar, que foi transformada em analista educacional; a realocação dos servidores do antigo Instituto de Geoinformação e Tecnologia e o aumento do vale-alimentação para todos os servidores.