Você está aqui:

Notícias

Estado convida sociedade para discutir questões ambientais

28/12/2017

Governo de Minas Gerais abre espaço para a sociedade discutir as principais questões ambientais

Nova forma de interagir com a população, denominada “Diálogos com o Sisema”, pretende envolver diferentes segmentos interessados em um planeta sustentável 

 

Com o propósito de ampliar cada dia mais a participação democrática e consequentemente a transparência das suas ações, o Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), criou o programa “Diálogos com o Sisema”, conforme Resolução 2.565, publicada no Minas Gerais de 13 de dezembro de 2017. 

O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) é formado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Segundo André Luís Ruas, responsável pela Assessoria de Educação Ambiental e Relações Institucionais da Semad, a proposta é levar um maior número de cidadãos a discutir os principais temas ambientais da contemporaneidade e ouvi-los dentro da lógica do que o Governo já realiza.

Para o programa “Diálogos com o Sisema” foram definidas reuniões periódicas (confira cronograma abaixo), que serão realizadas em um endereço no centro de Belo Horizonte, durante todo o ano de 2018.

“A novidade dessa gestão é aumentar o diálogo a partir de temas divulgados com 15 dias de antecedência no site da Semad”, explica Ruas. Ele acrescenta que ao longo dos anos a interação do Sisema com a sociedade se deu por intermédio das entidades ambientais, que são mais de uma centena em todo o estado.  

Com o novo programa, a expectativa é de que haja maior participação direta das comunidades, incluindo as organizações não governamentais (ONGs), universidades, entidades empresariais e de trabalhadores interessadas no diálogo aberto e transparente, a fim de construir uma sociedade mais consciente e de ações ambientais que promovam o bem-estar no planeta.   
 

Notícias relacionadas

23/03/2016

A iniciativa se pautará na ampla mobilização social, conscientizando a população para que se aproprie do projeto e participe ativamente do plantio, da manutenção e da fiscalização. A ação priorizará regiões com danos ambientais, nascentes de rios e seus afluentes e matas ciliares.

07/06/2016

Minas Gerais passa a conter com um Comitê Coordenador Estadual para cuidar da gestão, planejamento e execução do programa Cultivando Água Boa (CAB). A ação é uma iniciativa socioambiental pensada para agir na recuperação de microbacias, proteção de matas ciliares e da biodiversidade.

Minas Gerais avança na conservação e regeneração do meio ambiente
02/06/2017

Na véspera da Semana Mundial do Meio Ambiente, celebrada a partir da próxima segunda-feira (5/6), Minas Gerais tem motivos para comemorar e também muitos desafios pela frente. Dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, da Fundação SOS Mata Atlântica, apontam que o desmatamento do