Você está aqui:

Notícias

Pimentel participa da posse do procurador-geral do MP

Pimentel participa da posse do procurador-geral do Ministério Público

Reconduzido ao cargo para o biênio2019/2020, Antônio Sérgio Tonet destacou a importância do Ministério Público como agente defensor do diálogo e da democracia

 

O governador Fernando Pimentel participou, na noite dessa terça-feira (4/12), na Sala Minas Gerais, da posse do procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet, para o biênio 2019/2020.

Em seu pronunciamento, Tonet, que foi procurador-geral de Justiça no biênio 2017/2018, tendo sido reconduzido ao cargo, destacou a importância da união para vencer as adversidades, e também o papel do Ministério Público na defesa das liberdades e da democracia.

“No ano em que comemoramos os 30 anos da Constituição Federal, renovamos aqui nosso compromisso de nos mantermos atentos, vigilantes, para honrar a luta de tantos homens e mulheres que ajudaram a forjar o estatuto dos homens, da liberdade e da democracia”, disse, lembrando as ações do Ministério Público nos anos 2017/2018 e a importância do diálogo para execução dos trabalhos frente à Casa.

Após a leitura do termo de compromisso e assinatura do termo de entrada em exercício, assinado pelo governador Fernando Pimentel, pelo procurador-geral de Justiça e pelo corregedor-geral do Ministério Público, Paulo Roberto Moreira Cançado, Tonet assumiu a presidência da cerimônia, já como procurador-geral de Justiça.

A solenidade contou com a presença do Colégio de Procuradores de Justiça, de Darcy de Souza Filho, que ocupava o cargo de procurador-geral, além de integrantes do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e autoridades de diversas esferas governamentais.
 

Notícias relacionadas

Controladoria-Geral do Estado e SES-MG promovem curso de Responsabilização de Pessoas Jurídicas
10/10/2017

O encontro teve como objetivo ampliar a compreensão das servidoras e servidores da SES-MG sobre as interações com pessoas jurídicas, como fornecedores de bens e serviços e empresas que solicitam autorizações e licenças de modo a contribuir com a apuração e transparência do trabalho.

CGE implanta Rede Observatório da Despesa Pública em municípios mineiros
11/10/2017

O sistema tem como finalidade também atuar como “malha fina” da despesa pública, com o objetivo de garantir a correta aplicação dos recursos. Ao trazer o projeto federal para Minas, a CGE se comprometeu a replicar o observatório para os municípios, no projeto chamado ODP municipal.

Fernando Pimentel defende encontro de contas imediato para ressarcimento de perdas fiscais da lei Kandir
16/10/2017

Segundo estimativas do Estado, a União tem que repassar ao Estado cerca de R$ 135 bilhões, valor relativo às perdas com a Lei Kandir nos últimos 20 anos. Criada em 1996 pelo governo federal, a Lei retirou o ICMS incidente sobre produtos exportados, penalizando os estados.