Você está aqui:

Notícias

Seplag publica relação dos finalistas do Prêmio Inova

Seplag publica relação dos finalistas do Prêmio Inova Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) publicou, na edição do último dia 11 do Diário Oficial do Estado, a relação dos trabalhos finalistas do 2º Prêmio Inova Minas Gerais. De um total de 210 iniciativas e ideias inscritas, 34 foram classificadas para concorrer às premiações de R$ 5 mil; R$ 3,5 mil e R$ 2 mil, destinadas aos três primeiros colocados de cada uma das quatro modalidades existentes.

A cerimônia de premiação dos vencedores será realizada no mês de dezembro. O concurso tem como objetivos captar, estimular a implementação, reconhecer, valorizar e premiar ideias e iniciativas inovadoras que visem melhorar a prestação dos serviços públicos do Governo do Estado de Minas Gerais. O Prêmio é coordenado pela Seplag e conta também com o apoio da Fundação João Pinheiro (FJP).

Confira a relação completa dos trabalhos finalistas do 2º Prêmio Inova Minas Gerais:
 

Seplag publica relação dos finalistas do Prêmio Inova Minas Gerais

Notícias relacionadas

Fernando Pimentel participa de Congresso Brasileiro de Economia em Belo Horizonte
11/09/2017

O governador Fernando Pimentel participou, na noite desta quarta-feira (6/07), da abertura do 22º Congresso Brasileiro de Economia, em Belo Horizonte. Em pronunciamento, o governador afirmou acompanhar com preocupação o que chamou de maior crise política e institucional da história brasileira.

19/09/2017

O Prêmio é coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão e tem como objetivos captar, estimular a implementação, reconhecer, valorizar e premiar ideias e iniciativas inovadoras que visem melhorar a prestação dos serviços públicos do Governo do Estado de Minas Gerais.

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens comemora um ano com resultados positivos
22/09/2017

Entre as vantagens do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens de Minas Gerais (SCDP-MG) estão a redução de custos, maior controle sobre os gastos e segurança para os servidores. Órgãos como Governo da Bahia, Tribunal de Contas de Rondônia e Ministério Público Estadual interessados no sistema.