Você está aqui:

Notícias

Cidade Administrativa do Governo de Minas adota regras especiais de funcionamento durante o período da pandemia

Para evitar a propagação do vírus da Covid-19, foram instituídas medidas como o teletrabalho e normas de segurança para quem precisa ir à sede do Executivo 

Para minimizar o risco de contágio da Covid-19 e zelar pela saúde e proteção de todos que precisam frequentar o complexo, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Coordenadoria Especial da Cidade Administrativa (Cecad), estabeleceu novas regras para o funcionamento da Cidade Administrativa durante a pandemia. Para orientar os frequentadores, foi elaborado um material com as normas, que pode ser consultado neste link.  

Entre as medidas está a alteração no horário dos transportes fretados, o funcionamento dos elevadores, a prestação de serviços de tecnologia, iluminação e ar condicionado, o funcionamento dos estacionamentos e a entrada de visitantes. Além disso, medidas preventivas como disponibilização de álcool em gel nos pontos de ônibus, orientação quanto ao uso obrigatório da máscara de proteção e intensificação da limpeza de maçanetas e corrimãos também foram implementados. 

“O material foi elaborado para aqueles que necessitam realizar o seu trabalho de maneira presencial. Nosso objetivo é adotar todas as medidas necessárias para minimizar o risco de propagação do vírus em nosso ambiente de trabalho”, destaca a coordenadora da Cecad, Marilene Bretas. 

Desde março, o Governo de Minas Gerais anunciou medidas para conter a propagação do coronavírus, entre elas, o regime especial de teletrabalho para os servidores que atuam na sede do Executivo. Anteriormente, cerca de 15 mil pessoas frequentavam o complexo, diariamente. Hoje, esse número gira em torno de 600 pessoas. 

Clique aqui para acessar informações sobre o funcionamento da Cidade Administrativa durante a pandemia. 
 

Notícias relacionadas

Nem toda a população sabe, mas a Cidade Administrativa (CA), sede do Governo de Minas, tem o funcionamento semelhante ao de um município.

Ações foram realizadas para valorizar o dia-a-dia de trabalho dos servidores do Estado