Você está aqui:

Notícias

Seplag e FJP promovem capacitação de servidores para elaboração do PPAG

Aulas abertas e oficinas sobre modelo lógico, indicadores e monitoramento de projetos serão oferecidas gratuitamente para servidores estaduais

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e a Fundação João Pinheiro (FJP) iniciam, em agosto, o Ciclo de Assessoramento à Elaboração do PPAG 2020 - 2023. Com o objetivo de capacitar servidores públicos ainda no início do período de elaboração do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG), a iniciativa irá oferecer gratuitamente uma série de aulas abertas e oficinas sobre modelo lógico como instrumento de gestão, indicadores aplicados ao planejamento de governo e monitoramento analítico e gerencial.

Planejamento governamental de médio prazo que define as ações e programas dos órgãos públicos para um período de quatro anos, o PPAG tem como base as áreas temáticas, diretrizes e objetivos estratégicos do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI). 

Como o processo de elaboração do PPAG foi aberto pela Seplag em 15 de julho, a ideia é alcançar, com as aulas e oficinas, gerentes de projetos governamentais e equipes de assessoramento técnico do poder executivo estadual, em especial os integrantes de Assessorias Estratégicas, Superintendentes de Gestão e Finanças, Diretores de Planejamento e Orçamento e titulares e membros de observatórios de políticas públicas ou unidades equivalentes. 

Capacitação de servidores

No dia 7 de agosto, a aula “O que é o modelo lógico?” abre as atividades do ciclo. Na sequência, entre 13h e 17h30, a oficina Mão na massa: o modelo lógico dos projetos do PPAG 2020 - 2023 irá utilizar os projetos já em desenvolvimento pelos próprios órgãos para uma atividade de construção do modelo lógico. 

Na semana seguinte, no dia 13 de agosto, o tema da aula aberta será “Indicadores: conceitos, tipos e construção”. À tarde, a oficina “Mão na massa: indicadores do PPAG 2020 – 2023” dará sequência à atividade iniciada no dia 7, com a especificação dos indicadores dos projetos prioritários do PPAG, conforme modelo lógico elaborado.

As aulas serão ministradas por professores e pesquisadores da FJP (Carla Bronzo e Marcos Assis), com reforço da diretora de Políticas Públicas da fundação (Carolina Imura). Nas duas datas, as aulas estão marcadas para o período das 9h às 12h e irão acontecer no plenário do edifício Gerais da Cidade Administrativa (9º andar). As oficinas serão realizadas no mesmo prédio, nas salas 6 e 7 do 5º andar, com número limitado de participantes. Nesse caso, os inscritos deverão aguardar confirmação de disponibilidade de vaga. 

Convidado

No dia 19 de agosto, a “Aula aberta com especialista: indicadores para monitoramento analítico e gerencial” será ministrada pelo demógrafo Paulo Jannuzzi, também professor e pesquisador da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Única atividade aberta ao público em geral, a aula está marcada para 14h e irá ocorrer no auditório principal do campus Pampulha da FJP (Alameda das Acácias, 70, 2º andar – Belo Horizonte).

Encerramento

Os projetos elaborados a partir do modelo lógico durante a oficina “Mão na massa: indicadores do PPAG 2020 – 2023” serão apresentados e validados no dia 26 de agosto. Nesta etapa, além dos representantes da FJP já envolvidos, o time de especialistas contará com a participação da vice-diretora do Centro de Aprendizagem em Avaliação e Resultados para o Brasil e a África Lusófona (FGV EESP Clear), Lycia Lima.
 

Notícias relacionadas

O Transforma Minas, programa que está selecionando profissionais para atuarem no Governo de Minas, possui um processo seletivo transparente e completo, composto por diferentes etapas.

Programa já soma 129 cargos disponibilizados em quatro meses

CGE disponibiliza quatro vagas de Controlar(a) Seccional para atuar na Capital e em Ouro Preto