Você está aqui:

Notícias

TV Uemg chega para valorizar conteúdo inovador e economia criativa

TV Uemg chega para valorizar conteúdo inovador e economia criativa

Universidade do Estado de Minas Gerais entra no rol de instituições que ampliam os canais de comunicação para valorizar a inovação no estado

 

O público de Belo Horizonte ganha mais uma opção de programas de televisão dentro do Canal Universitário. Com a responsabilidade de produzir conteúdo diário de 150 minutos (ou 2h30), será inaugurada, nesta quinta-feira (22/6), a TV Uemg, da Universidade do Estado de Minas Gerais.

O projeto vai trabalhar o universo da pesquisa e inovação desenvolvida nos campi da Uemg, principalmente, pelas áreas de comunicação social, design e artes. Haverá também uma interface com a economia criativa do estado, no sentido de difundi-la e valorizá-la. 

A Universidade do Estado de Minas Gerais – com todas as suas unidades – entra definitivamente no universo da produção e exibição de conteúdo audiovisual na televisão e em canais na internet. Além disso, a TV Uemg assumirá 20% da programação da grade fixa do Canal Universitário. Os outros 80% seguem por conta das parceiras Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), que já produzem conteúdos. 

O Canal Universitário é exibido pela TV fechada (canal 12 da NET e 14 Oi TV no canal a cabo de Belo Horizonte). Depois de veiculados na emissora, os programas serão disponibilizados na WebTv no Youtube e na Fanpage do Facebook para ampliar o alcance.

Segundo a jornalista, professora e pesquisadora em Comunicação, Ana Paula Damasceno, contratada para implantar a TV Uemg, o tempo de três meses foi apertado para desenvolver a tarefa, com reuniões diversas junto à pró-reitoria de extensão e os demais envolvidos da universidade no projeto. Entretanto, ela ressalta que tem valido a pena em razão da qualidade encontrada na produção de programas.

"Tenho 20 anos em implantação e coordenação de TV, e essa é a primeira vez que Minas Gerais trabalha com esse universo mais holístico, colaborativo e voltado para as artes e comunicação. Temos material audiovisual de primeira linha”, observa Ana Paula, citando material produzido nos campi de Divinópolis, Passos, Frutal, Design (BH) e Guignard (BH).  

Para essa primeira fase, explica Ana Paula, a Pró-Reitoria de Extensão da Uemg abriu edital interno e selecionou oito entre 28 projetos apresentados. “Todos eles são muito interessantes e terão direito a bolsa e estagiários durante três meses. Temos outro desafio que é pensar a estrutura física dessa TV”, lembra a jornalista.  

 

Parceria com a Rede Minas 

A primeira parceria com a Rede Minas tem início com um programa de moda, previsto para setembro, com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e do Museu da Moda. O programa será exibido semanalmente, com uma hora de duração e fará um diálogo com a moda criativa do estado.

Há também a intenção de abrir espaço a todos os profissionais das diferentes áreas do segmento, assim como dar visibilidade ao ensino, à pesquisa e à extensão nas instituições de ensino. “Vamos mostrar o que Minas tem de melhor e mais criativo, bem como a inovação”, conclui Ana Paula Damasceno.

Notícias relacionadas

Instituto Histórico e Geográfico comemora 110 anos celebrando a historiografia mineira com apoio do Estado
26/07/2017

Reconhecida como entidade de utilidade publica, títulos concedidos pelos governos federal, estadual e municipal por meio das leis N°875/ 1949; N° 21/1947 ei N°2025/1971, é um espaço reservado aos estudos, à pesquisa e à divulgação e consultorias em áreas culturais como a História e a Geografia.

 Alunos da rede estadual participam da série Concertos Didáticos da Orquestra Filarmônica
06/09/2017

A ação educacional, realizada, anualmente, desde a criação da orquestra, leva a crianças e jovens a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a formação orquestral e, quem sabe, poderem dar os seus primeiros passos no universo da música. Ao todo, foram realizadas quatro apresentações.

 Mais de 100 artesãos participam da 1ª Feira de Artesanato de Almenara
12/09/2017

Oficinas de modelagem em argila, fibras naturais, patchwork – bordado a mão, pinturas especiais, confecção de berimbau e reciclagem do papel jornal fazem parte do cronograma, direcionadas a escolas e moradores da cidade. A feira de artesanato começa na terça-feira, 14/9, e se encerra no domingo 17/9