Você está aqui:

Notícias

Governo concede vale-alimentação de R$ 18 para os servidores da Saúde

Governo concede vale-alimentação de R$ 18 para os servidores da Saúde

Além do vale-alimentação, Estado também analisou, por exemplo, a retomada das 30 horas sem redução salarial, entre outras pautas

Em reunião realizada com o Sindicato dos Servidores de Saúde do Estado de Minas Gerais (Sindsaúde-MG), o Governo de Minas Gerais decidiu conceder vale-alimentação de R$ 18 para os servidores da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig). O valor não é o mesmo para os demais servidores públicos estaduais (R$ 20) em razão do desconto de 10%, visto que os servidores da saúde contam com refeição no local de trabalho.

Além do vale-alimentação, o Governo do Estado, representado pela Assessoria de Relações Sindicais da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), analisou, no encontro dessa quarta-feira (7/6), outras pautas do movimento sindical, como a retomada das 30 horas sem redução salarial; liberação de diretores para atividades sindicais; portaria que regula o ponto facultativo nos hospitais da Fhemig, retroativo do abono aos ex-bolsistas e correção dos descontos na consignação.

A próxima mesa de negociação com os servidores da Fhemig será realizada na segunda quinzena de junho.

Notícias relacionadas

20/06/2012

Pela proposta apresentada pelo Governo de Minas, a gratificação complementar (GC) concedida a auxiliares de apoio, técnico operacional, enfermeiros e analistas de gestão e assistência à saúde da Fhemig aumentará de 20,7% para 30% a partir de agosto deste ano.

01/10/2015

Somente este ano houve um aumento de 15% no número de drogarias conveniadas. São mais de 3.700 farmácias em 660 municípios em Minas Gerais. De acordo com Emílio Ferraz, administrador da Rede Aceito, prestadora do serviço, o crescimento da rede traz comodidade para o servidor público.

Governador Fernando Pimentel entrega 214 carros para a saúde e 25 ambulâncias a 179 municípios mineiros
02/06/2017

Durante o evento, Fernando Pimentel destacou que os veículos são extremamente importantes para a melhoria do atendimento à população, principalmente em municípios menores e que não dispõem de hospitais ou centros de saúde mais complexos.