Você está aqui:

Notícias

Biblioteca Pública abre edital de ocupação de suas galerias

Biblioteca Pública Estadual abre edital de ocupação de suas galerias e passarela

Voltado a artistas de todo o país, iniciativa contempla seis propostas direcionadas às artes visuais para compor o calendário de exposições de 2018

 

Projetar artistas, apoiar as artes visuais e democratizar o acesso da população à cultura. Essas são algumas das premissas do edital de ocupação das galerias Paulo Campos Guimarães e Passarela Cultural, da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, parte integrante do Circuito Liberdade.

Promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio da Superintendência de Bibliotecas e Suplemento Literário, a iniciativa abarca seis propostas a serem selecionadas para dar origem ao calendário de exposições de 2018.

Os projetos devem conter trabalhos ligados às artes visuais, como desenho, escultura, fotografia, gravura, instalação, objeto, pintura e novas mídias. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas de 9 de outubro a 22 de novembro.

Os interessados podem se inscrever presencialmente na Biblioteca ou enviar toda documentação via Correios. O edital pode ser acessado aqui e a ficha de inscrição neste link. Informações complementares em www.bibliotecapublica.mg.gov.br

 

Edital

Voltado para artistas de todo o país, o edital é uma forma de ampliar o contato dos leitores com obras de artistas contemporâneos, favorecendo a interação e a interlocução da literatura com as artes visuais.

“Trazer artistas para dentro das galerias da Biblioteca proporciona que o leitor também fique exposto a outras formas de linguagem, possibilitando uma ampliação da experiência em um espaço usualmente destinado à leitura”, aponta o coordenador dos Espaços de Arte da Biblioteca, Ricardo Girundi.

De acordo com a diretora de Extensão e Ação Regionalizada, Gildete Veloso, a ação é uma forma de propiciar a artistas brasileiros a oportunidade de expor durante 30 dias em um ambiente em que circulam mensalmente aproximadamente 30 mil pessoas.

“Nos equipamentos que compõem o Circuito Liberdade nós somos o segundo lugar em termos de audiência. A visibilidade na Biblioteca é muito grande e isso é importante para o artista e para o público que circula dentro dos nossos espaços. Democratizar o acesso à cultura é uma das missões deste edital” avalia Gildete.

 

Serviço

Edital de ocupação das galerias Paulo Campos Guimarães e Passarela Cultural, da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais

Período de inscrições: 09/10/2017 a 22/11/2017

Inscrições presenciais ou via correios

Local: Praça Da Liberdade 21 – Funcionários; Cep: 30140-010 - Belo Horizonte/MG

Horários: 8h às 17h de segunda a sexta-feira

 

Instruções para postagem pelos correios:

Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais

Diretoria de Extensão e Ação Regionalizada

Recursos - Edital para Ocupação das Galerias de Artes Visuais da Superintendência de Bibliotecas Públicas E Suplemento Literário/Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais –Edição 2017

A/C: Ricardo Girundi

Praça Da Liberdade 21 – Funcionários; Cep: 30140-010 - Belo Horizonte/MG
 

Notícias relacionadas

Talentos de Minas descobrem novos caminhos com a música no 'Territórios de Invenção'
02/06/2017

Como a música inventa territórios? Lançando sons e palavras no espaço público para uma educação musical e criação artística em territórios de Minas Gerais. Esses são os pilares do projeto “Territórios de Invenção – Residências Musicais”, viabilizado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC)

<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/KB-GVV68U5s?rel=0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
02/06/2017

Na próxima quarta-feira (7/6), o documentário “Nunca me sonharam”, que estreia nos cinemas de São Paulo e Rio de Janeiro, será disponibilizado gratuitamente na plataforma Videocamp. Apresentando um panorama do ensino médio nas escolas públicas do Brasil, o filme poderá ser assistido, até 7 de junho

O aprendizado dentro de sala de aula é muito importante, mas aliar conhecimento à experiência de aprender com o artista que você admira pode proporcionar um importante crescimento e amadurecimento na trajetória de jovens estudantes de música.
12/06/2017

O aprendizado dentro de sala de aula é muito importante, mas aliar conhecimento à experiência de aprender com o artista que você admira pode proporcionar um importante crescimento e amadurecimento na trajetória de jovens estudantes de música.