Você está aqui:

Notícias

Artesãos participam da 1ª Feira de Artesanato de Almenara

 Mais de 100 artesãos participam da 1ª Feira de Artesanato de Almenara

Trabalhos em argila, fibras, bordado, pinturas e outros são expostos no evento. Ação é realizada com recursos do Fundo Estadual de Cultura

 

Mais de uma centena de artesãos oriundos de 33 cidades do Vale do Jequitinhonha participam de uma intensa programação cultural realizada na cidade de Almenara, Território Médio e Baixo Jequitinhonha, entre os dias 11 e 17 de setembro. Integra a lista de atividades a 1ª Feira de Artesanato de Almenara, que irá reunir nomes que representam a valiosa produção cultural daquela região na área do artesanato.

O evento tem o apoio do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), via Fundo Estadual de Cultura, e da Prefeitura Municipal de Almenara. Além da feira, seminário, oficinas, saraus e apresentações musicais serão ofertados. Toda a programação tem entrada gratuita.

Oficinas de modelagem em argila, fibras naturais, patchwork – bordado a mão, pinturas especiais, confecção de berimbau e reciclagem do papel jornal fazem parte do cronograma, direcionadas a escolas e moradores da cidade. A feira de artesanato começa na terça-feira (14/9) e se encerra no domingo (17/9).

Na abertura, um pequeno seminário - Valemais - irá discutir as políticas públicas para o setor do artesanato no Brassil, e irá contar com a participação de órgãos do Estado, como a Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif), Sistema Sedinor/Idene e Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural de Minas Gerais (Iepha-MG). A Seedif irá promover a primeira etapa para a construção de um Plano Mineiro do Artesanato. Na ocasião, o Iepha-MG também lançará o projeto “Arte em Barro: a Cerâmica do Vale do Jequitinhonha”, que tem por objetivo reconhecer essa manifestação cultural como patrimônio imaterial do estado de Minas Gerais.

A região do Vale do Jequitinhonha conta com uma intensa produção cultural no segmento do artesanato e é reconhecida por vários prêmios acumulados para diversos artesãos e artesãs. Dona Isabel Mendes, de Santana do Araçuaí - Ponto dos Volantes, é um exemplo. Ela recebeu o primeiro prêmio de Cultura Popular, entregue pelo então Ministério da Cultura. Posteriormente, seu nome batizou uma edição do prêmio com os dizeres: 1º Prêmio Culturas Populares 2009 - Edição Mestra Dona Izabel, Artesã Ceramista do Vale do Jequitinhonha.

A feira é protagonizada por uma associação de artesãos , a Associação de Artesãos de Almenara. No evento, estarão presentes artesãos conhecidos, como: Mestre Antônio, de Minas Novas, com seus tambores; Zezinha de Campo Buriti/Turmalina, com suas bonecas; mestre Ulisses de Itinga, artesão do barro que cria peças sobre fatos históricos e populares; o artesão surrealista da comunidade de Caraí, João Alves, que se destaca nacionalmente com a sua produção; as mulheres de Berilo e Turmalina, com suas lindas colchas de algodão; entre outros artesãos da região.

Natural de Almenara, a bordadeira Dona Adelicia será homenageada na 1ª Feira de Artesanato de Almenara. Artesãos e artesãs da Associação das Mulheres Criativas e Associação dos Artesões de Almenara também confirmaram presença.

A 1ª Feira de Artesanato de Almenara é um projeto coletivo da Associação de Artesãos de Almenara (Aarta) e da Associação Mulheres Criativas, em parceria com a Prefeitura Municipal de Almenara, Instituto Sociocultural Valemais e a Monsa. Também tem como parceiros o Governo do Estado de Minas Gerais, via SEC, Sistema Sedinor/Idene, Seedif e Iepha-MG, além de diversas prefeituras locais.

Notícias relacionadas

TV Uemg chega para valorizar conteúdo inovador e economia criativa
19/06/2017

O projeto vai trabalhar o universo da pesquisa e inovação desenvolvida nos campi da Uemg, principalmente, pelas áreas de comunicação social, design e artes. Haverá também uma interface com a economia criativa do estado, no sentido de difundi-la e valorizá-la.

Instituto Histórico e Geográfico comemora 110 anos celebrando a historiografia mineira com apoio do Estado
26/07/2017

Reconhecida como entidade de utilidade publica, títulos concedidos pelos governos federal, estadual e municipal por meio das leis N°875/ 1949; N° 21/1947 ei N°2025/1971, é um espaço reservado aos estudos, à pesquisa e à divulgação e consultorias em áreas culturais como a História e a Geografia.

 Alunos da rede estadual participam da série Concertos Didáticos da Orquestra Filarmônica
06/09/2017

A ação educacional, realizada, anualmente, desde a criação da orquestra, leva a crianças e jovens a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a formação orquestral e, quem sabe, poderem dar os seus primeiros passos no universo da música. Ao todo, foram realizadas quatro apresentações.