Você está aqui:

Notícias

Minas Gerais melhora posição no ranking de competitividade dos Estados

Governador Romeu Zema participou nesta quinta-feira (17/9) do lançamento da edição 2020 do Ranking de Competividade CLP

Minas Gerais melhorou sua posição no Ranking de Competitividade dos Estados, medido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), divulgado nesta quinta-feira (17/9). Na edição 2020 do levantamento, o estado subiu uma colocação, ocupando o sétimo lugar e invertendo a tendência de queda que vinha enfrentando nos últimos anos.

Em relação a 2019, Minas Gerais apresentou avanço nos critérios de Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Segurança Pública e Solidez Fiscal. O Ranking de Competitividade do CLP leva em conta dez quesitos, com 68 indicadores que permitem avaliar a gestão pública das 27 unidades federativas do país.

Ao participar do lançamento do ranking, em evento virtual que contou com a presença de outros governadores, Romeu Zema comentou os resultados do levantamento que apontam que Minas Gerais está no caminho certo.

“O nosso avanço é consequência das ações tomadas desde o início da minha gestão. Priorizamos a racionalidade da máquina administrativa, conseguimos reduzir de 21 para 12 secretarias de Estado, cortamos cargos e tivemos, recentemente, a reforma mais importante deste governo, a da Previdência. Toda essa racionalidade acaba tendo reflexo nas contas públicas”, explicou o governador.

Romeu Zema ressaltou que, diante da pandemia, o governo estadual agiu rapidamente para reduzir ainda mais os gastos. “Tivemos que fazer um ajuste duro para que esse período não significasse um descontrole ainda maior das contas públicas. Com exceção da Saúde, contingenciamos recursos em todas as outras secretarias”, afirmou.

A desburocratização e a simplificação do ambiente de negócios no Governo do Estado, com o uso intensivo de novas tecnologias, também foram pontos destacados pelo governador.

“Temos caminhado de forma acelerada. Minas é o estado de maior acesso aos meios digitais. O MG App, por exemplo, é sempre atualizado e consegue resolver uma série de questões, facilita a vida do cidadão. A população pode consultar desde dados sobre seu veículo, até agendar uma doação de sangue, por exemplo”, ressaltou.

Romeu Zema enfatizou, ainda, a importância de simplificar a vida do cidadão e evitar a presença nos balcões das repartições públicas.

“Há 90 dias, por exemplo, facilitamos a vida do produtor rural. A apresentação da guia de recolhimento do imposto e emissão da nota fiscal agora podem ser feitos pela internet. Além disso, anulamos mais de 160 portarias e resoluções que impediam ou dificultavam a vida dos empreendedores. Centenas de alvarás de funcionamento também não são exigidos mais para atividades de baixo Risco”, explicou.

Serviços digitais

O Governo de Minas Gerais ocupa o 1º lugar, de todo o Brasil, em oferta de serviços digitais. O ranking foi apresentado na 5ª reunião geral do Grupo de Transformação Digital criado pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) e pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de TIC (Abep-TIC) em painel virtual no dia 10/9. Saiba mais clicando aqui.

A colocação demonstra os esforços feitos pelo Governo de Minas em promover a transformação digital no Estado e garantir que os cidadãos tenham acesso a serviços públicos cada vez mais eficientes, com maior rapidez e facilidade.

O Índice de Oferta de Serviços Digitais é uma iniciativa da Abep-TIC em parceria com o Centro de Liderança Pública (CLP) e fez parte do Ranking de Competitividade dos Estados 2020.